Blog

Google aposta em conexão móvel gratuita

image

 

O Google começou a testar, nas Filipinas, uma conexão gratuita para uso dos seus serviços via celulares. Ela lembra um pouco o que o Facebook já faz em vários locais (inclusive no Brasil), mas tem um escopo maior.

O serviço é acessível através do g.co/freezonee exige login, com uma Conta Google, para ser usado. Estabelecida a conexão, o usuário pode ver seus emails no Gmail, falar com os amigos (se algum ainda estiver lá) no Google+ e, o que é mais legal, pesquisar assuntos no Google e entrar em qualquer resultado sem ser cobrado pelo tráfego. O usuário só paga se, estando em uma das páginas de resultados, pular para uma outra, ou seja, se você ficar no “primeiro nível”, a conexão é totalmente gratuita mesmo para domínios fora do Google. E antes de pagar qualquer coisa, um pop-up salta e avisa o usuário disso, então não há o risco de gastar além da conta sem perceber.

Por ora o Free Zone está em testes nas Filipinas, onde o Google firmou parceria com a operadora Globe. O modelo é similar ao adotado no Facebook Zero, solução da rede social para oferecer acesso gratuito, via dispositivos móveis, em locais como África, América Latina e Filipinas. Em alguns, Facebook está se tornando sinônimo de Internet. O foco dessas duas investidas parece ser esse mesmo: promover o contato do próximo bilhão de usuários da Internet com a rede (através dos respectivos sites, claro). A declaração do Google à Reuters diz muito sobre essa nova fase:

“Ele [Free Zone] mira no próximo bilhão de usuários da Internet, muitos dos quais estarão em mercados emergentes e conhecerão a Internet primeiro em um celular, sem jamais ter tido um computador.”

É bem provável que o Google lance o Free Zone em outros mercados futuramente. A briga pelo próximo bilhão será no celular.

FONTE: Gizmodo Brasil

Categorias mais populares

  • Tecnologia : Teste um dois tres quatro
  • Investimento : Artigos que tratam sobre o investimentos em serviços para internet.
  • Redes Sociais : Artigos relacionados às redes sociais e ao uso das mesmas, ...

Tags

Artigos Recentes